Anais CBFic - Volume 1 - 2018

Sociedade Brasileira de Ficologia - SBFic

Publicado em 26/11/2018

Volume 1 - 2019

Título do Trabalho

EFEITOS DO FENóTIPO NO DESEMPENHO SOMáTICO E REPRODUTIVO: UM ESTUDO DE CASO EM GRACILARIA CAUDATA (GRACILARIALES, RHODOPHYTA).

Autores

FABIANA MARCHI, ESTELA MARIA PLASTINO

Modalidade

Resumo

Área Temática

1 BIODIVERSIDADE, FILOGENIA E ECOFISIOLOGIA

Data de Publicação

26/11/2018

País da Publicação

Brasil

Idioma da Publicação

Português

Página do Trabalho

http://sbfic.org.br/anais_show/156

ISSN

Aguardando...

Palavras-Chave

Gracilaria caudata; Variantes de cor; Fertilidade; Fixação secundaria; Recrutamento; Fluxo gênico; Desempenho somático e Desempenho reprodutivo.

Resumo

Gracilaria caudata (Gracilariales, Rhodophyta) é uma agarófita de grande potencial para maricultura devido ao seu rápido crescimento e ágar de boa qualidade. Recentemente, observamos em condições laboratoriais o surgimento espontâneo de um ramo verde claro (VDc) em um gametófito masculino de coloração vermelha (selvagem), proveniente de um tetrasporófito também vermelho coletado no estado do RN, Brasil. Variantes pigmentares são raras, tanto em populações naturais quanto em condições laboratoriais, e possuem diversas aplicações em estudos genéticos como marcadores visuais devido ao fenótipo alterado, seleção de linhagens mais produtivas para a maricultura, entre outros. Todavia, é importante ressaltar que, antes que se utilize um recurso natural com potencial econômico, se faz necessário o conhecimento de sua diversidade genética, dos mecanismos que a mantém e de sua fisiologia. Este trabalho teve por objetivo verificar as implicações fisiológicas que a mutação confere à espécie devido à alteração fenotípica. Material biológico: ápices de coloração vermelha e coloração VDc provenientes do gametófito masculino acima citado (pseudoréplicas = 5). Parâmetros avaliados: taxa de crescimento (TC), fotossíntese, número de ápices diferenciados (NAD) e fertilidade do talo ao longo de 21 dias. Cultivo: irradiância de 70μmol de fótons m2.s -1; temperatura de 25°C ± 1; água do mar (32 ups) com solução de nutrientes von Stosch à 25% (troca semanal); e aeração a cada 30 min. O percentual de fixação de ramos ao frasco de cultura foi avaliado por um período de 14 dias sem aeração ou troca de meio. Resultados: a mutação afeta tanto o desempenho somático da espécie quanto o reprodutivo. Apesar do melhor desempenho fotossintetizante, ápices VDc apresentaram um menor desempenho somático, considerando-se as TCs e o potencial de fixação. Além disso, apresentaram um desempenho reprodutivo inferior ao obtido por ápices vermelhos. Não houve diferenças quanto ao NAD. Tais resultados fornecem subsídios para a compreensão da predominância de espécimes de coloração vermelha na natureza. Além disso, a capacidade de fixação secundaria observada em G. caudata representa uma alternativa para a maricultura baseada na coleta de mudas em populações naturais, bem como para a produção dessas a partir de esporos, ressaltando o potencial econômico da espécie. Essa capacidade, também representa uma alternativa à reprodução por esporos, possibilitando que fragmentos destacados do talo funcionem como propágulos e contribuam para o fluxo gênico entre populações. Agradecimentos: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) - Processo: 141075/2017-1; Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (IB-USP).