Anais CBFic - Volume 1 - 2018

Sociedade Brasileira de Ficologia - SBFic

Publicado em 26/11/2018

Volume 1 - 2019

Título do Trabalho

FRAÇÕES PROTÉICAS DAS MICROALGA SCENEDESMUS OBLIQUUS CULTIVADAS EM FOTOBIOREATOR DE PLACA PLANA APRESENTAM ATIVIDADES ANTIMICROBIANA E ANTIOXIDANTE.

Autores

WALLADY DA S. BARROSO, GERMANA N. BEZERRA, TALITA A. LEITE, REJANE M. MOREIRA, JOSé O. CARIOCA, ANDRé L. COELHO DA SILVA

Modalidade

Resumo

Área Temática

3 BIOTECNOLOGIA E INOVAçõES

Data de Publicação

26/11/2018

País da Publicação

Brasil

Idioma da Publicação

Português

Página do Trabalho

http://sbfic.org.br/anais_show/118

ISSN

Aguardando...

Palavras-Chave

Scenedesmus obliquus; Atividade antifúngica; Atividade antioxidante.

Resumo

Vários segmentos do setor biotecnológico exploram a aplicação dos extratos de microalgas para fins medicinais, graças às atividades biológicas in vitro já comprovadas. O objetivo do presente trabalho foi avaliar as atividades antimicrobiana e antioxidante dos extratos proteicos da microalga Scenedesmus obliquus cultivada em fotobiorreator vertical, sob condições ambientais controladas. Inicialmente, as microalgas foram cultivadas em meio WC e o crescimento da cultura foi acompanhado pelo cálculo da Densidade Celular (DC) e pela medida do teor de clorofila a (chl a). Os extratos obtidos a partir da massa seca foram submetidos à precipitação com (NH4)2SO4 em diferentes níveis de saturação. A atividade antifúngica, foi avaliada utilizando o método de disco difusão, e para atividade antioxidante, o método DPPH (1,1-difenil-2-picrilhidrazil). Os resultados demonstraram uma produção de chl a de 8,5 mg/L e DC máxima de 1,3x107 cel/mL. A concentração de proteína nas frações proteicas (FrP) avaliadas variou entre 0,485 a 1,042 mg/mL respectivamente na FrP0-20% e FrP40-60%. O perfil eletroforético das FrP apresentou uma ampla faixa de peso molecular variando entre 14,4 e 116 kDa, com maior concentração de proteínas entre 21,5 e 45 kDa. As FrP testadas apresentaram efeito antimicrobiano contra Colletotrichum kefyr, Aspergillus niger, Aspergillus fumigatus e apenas FrP40-60% e FrP60-80% contra Staphyloccocus aureus. Não foi obtido efeito inibidor no crescimento de Staphyloccocus epidermidis, Escherichia coli e Pseudomonas aeruginosa. As FrP testadas apresentaram atividade antioxidante, com efeito proporcional a concentração de proteínas, demonstrando ser dose-dependentes. A maior atividade antioxidante foi encontrada na FrP40-60% alcançando atividade máxima de 85% na concentração de 0,8 mg/mL. Os resultados obtidos evidenciaram que a S. obliquus é uma fonte rica em chl a e proteínas solúveis funcionais com atividade antioxidante e antimicrobiana.